Maria-leque-do-sudeste


Maria-leque-do-sudeste
Onychorhynchus swainsoni

Comportamento
Usualmente encontrados em casais, acompanham bandos mistos pelos estratos baixos, tanto na mata primária quanto na secundária.

Com seu bico chato em forma de pinça, captura insetos alados dotados de grandes asas tais como borboletas e libélulas, ou perigosos insetos dotados de ferrões venenosos, como certas mamangavas e vespas.

Constrói um ninho em forma de bolsa que mede de 0,6 a 2,0 metros de comprimento, com musgo, folhas secas, e outras fibras vegetais. Esses ninhos longos são tecidos na extremidade de galhos finos em bordas de encostas íngremes ou sobre córregos no interior de matas.

Descrição
Mede 17 cm de comprimento. Essa curiosa espécie da família apresenta um cocar encrespado muito desenvolvido. O macho apresenta o leque vermelho e a fêmea laranja.

Bioma / Habitat
Mata Atlântica do sudeste

Estratos baixos, tanto na mata primária quanto na secundária.

Foto: Luiz Ribenboim
Aves do Brasil - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Imagem

Arara-azul-grande